Sê bem-vindo ao meu blog.

Eu sou a Sandra, mas acho que isso tu já sabes, certo? Ou és capaz de me conhecer por Aruna. Bem, também me podes chamar de Aruna, esse nome já conquistou o meu coração.

Há tanto tempo que comento que quero ter um blog. Pois então, chegou o tão esperado dia. Hoje lanço site, blog e como bónus o PRIMEIRO ARTIGO!

Aqui poderás encontrar artigos relacionados com Ayurveda, Yoga e bem-estar.
A minha missão com este blog é inspirar um estilo de vida mais consciente, capacitar-te a escontrares o equilíbrio e tornares-te a versão mais saudável de ti mesmo.

Inicio este blog a falar-te sobre a Rotina Ayurvédica Matinal.

Já pensaste porque é que normalmente acordamos com remelas, um hálito intenso, cera nos ouvidos, vontade de urinar e, idealmente, evacuar? Todas as noites o nosso maravilhoso corpo faz-nos o favor de encaminhar para o exterior tudo aquilo que está em excesso e que já não nos serve, isto é, toda a toxicidade que fomos acumulando ao longo do dia. Este sistema de purificação é um exemplo da inteligência corporal absolutamente fantástica com que nascemos.

Ao acordar, o nosso corpo espera que completemos este procedimento de limpeza – é este o pressuposto da rotina diária matinal ayurvédica. Ao limparmos todos os canais do corpo, físicos e energéticos, começamos cada dia de uma forma plena e no seu potencial máximo. Da mesma forma que acender uma lareira é mais fácil se retirarmos as cinzas do dia anterior, assim é começar o dia com o Ayurveda.

Quando cuidamos de nós, temos uma vida equilibrada à nossa espera. Estas simples práticas ayurvédicas de autocuidado podem fazer toda a diferença na tua busca da harmonia interior, portanto porque não começas já hoje?

Nesse sentido o Dinacharya, também conhecido como rotina diária ayurvédicapropõe que pequenas ações ao serem realizadas diariamente tornam-se hábitos, aumentando a energia vital (prana), prevenindo contra desequilíbrios e promovendo a saúde a favor da qualidade de vida.

Dinacharya também propõe que os indivíduos vivam em sintonia com ritmo do Universo. Assim, também faz parte da prática a observação dos horários do dia que são regidos por períodos cíclicos: acúmulo (samachya), domínio (prakopa) e alívio (prashama).

Adaptada aos tempos modernos, esta rotina tende a ser ligeiramente mais simples do que a que se encontra descrita nos tratados clássicos do Ayurveda. No entanto, para aqueles que desejem uma vida longa e feliz, há alguns procedimentos que não podem faltar.

Queres aprendê-los comigo?
Estes são apresentados de seguida pela ordem em que devem ser realizados:

CUIDA DE TI ATRAVÉS DE UM SONO DESCANSADO

Passamos aproximadamente 1/3 das nossas vidas a dormir, e o Ayurveda reconhece-o como uma oportunidade perfeita para restaurar o equilíbrio. Dormir é o tempo durante o qual o teu corpo consegue reparar e cuidar dele próprio. A tua mente também se torna equilibrada através do sono. Acordar e deitar sempre há mesma hora e sem despertador é o ideal.
Lembra-te dos sonhos antes de levantar da cama.

DESPERTADOR AYURVÉDICO: ACORDA ANTES DO SOL

Cada aurora traz-nos a energia de um novo ciclo, neste caso, um ciclo com aproximadamente 24 horas. De forma a retirar o máximo de energia deste momento auspicioso, a filosofia do Ayurveda dita que acordar uma hora e meia antes do nascer do sol ajuda-te a sincronizares-te com o ritmo solar, que é um tempo de pura consciência. Não te deixes desmotivar pela hora, acordar antes dos primeiros raios de sol, a par de um estilo de vida saudável, é mais eficaz do que três cafés bebidos de seguida. Experimenta e comprova.
Comer a primeira refeição nessa 1h30 depois. Durante esse tempo terás tempo para desfrutar de todas as rotinas com tempo.

ESPRIGUIÇAR E ALONGAR O CORPO

DEFINIR UM PENSAMENTO OU AFIRMAÇÃO POSITIVA

Um poderoso sankalpa ou mantra pessoal.

URINAR E EVACUAR PARA O BEM DOS TEUS DOSHAS

O dosha Pitta é o principal responsável pelo turno das 22h, um período de metabolismo basal que dura até às 2h da manhã, durante o qual os nutrientes são metabolizados e as toxinas preparadas para eliminação. No turno seguinte, que dura até às 6h, o dosha Vata encarrega-se de encaminhar as toxinas para o exterior. O bom funcionamento dos teus doshas – Vata, Pitta e Kapha – requer um sistema digestivo livre de toxicidade, por isso, programa o teu despertador para este período e começa o dia com duas das funções vitais mais importantes.

LAVAR A CARA, OLHOS E BOCA

De manhã, após sair da cama, lavar a cara, os olhos e a boca. Na rotina Ayurvédica há uma forma específica para o fazer: lavar a face com água fria, e lavar a boca. Lavar os olhos com água fria também, e massajar as pestanas gentilmente, esfregando os dedos. Pestanejar 7 vezes e rodar os olhos em todas as direcções. Secar a cara com uma toalha limpa. Sente o efeito refrescante que te fará despertar de imediato. Podes hidratar a mucosa ocular com uma gota de ghee líquido em cada olho, para proteção e regeneração – especialmente útil para quem passa muitas horas ao computador diariamente.

MEDITAÇÃO MATINAL

Devido a este estado puro de consciência, o Ayurveda ensina-nos que a manhã é a melhor altura para meditar. A meditação é benéfica em qualquer altura, mas praticá-la de manhã é especialmente produtivo. Depois de uma noite de descanso a tua mente está limpa e preparada para um novo dia que se aproxima.

RASPAR A LÍNGUA

Este é capaz de ser um dos passos mais interessantes, e contribui imenso para estimular os órgãos internos, ajuda na digestão e ainda remove bactérias mortas e toxinas acumuladas durante a noite (língua com saburra esbranquiçada ou amarelada = toxinas acumuladas), auxiliando também na eliminação do mau hálito. Utiliza-se um raspador ou improvisa utilizando uma colher até teres raspado toda a superfície, durante 7 a 14  raspagens. Vê a diferença na tua língua depois de uns dias a raspá-la. Há pessoas em que a diferença é incrível. Aviso que te pode provocar náuseas inicialmente a cada raspagem, enquanto não estiveres habituado. É normal, e o nosso corpo acaba por acostumar-se. Isto é diferente de raspar com a escova de dentes, visto que consegue remover muito mais bactérias mortas.

OIL PULLING THERAPY

É uma pratica da medicina Ayurveda que  consiste em fazeres bochechos com óleos vegetais para eliminar bactérias e toxinas armazenadas na boca.
O uso do óleo de coco é o mais comum, pelas suas propriedades: antibacterianas antioxidantes, desintoxicantes, anti-inflamatórias e por ser refrescante.
Após a raspagem da língua coloca duas colheres do óleo de coco na boca e faz o bochecho por 15 minutos, ficando mais espesso e leitoso ao ser misturado com a saliva. Depois, deita fora e continua com as tuas práticas de higiene diárias. (Atenção, nunca deites na sanita nem no lavatório pois o óleo solidifica e entope a canalização; deita diretamente no lixo.)

IRRIGAÇÃO NASAL OU NETI POT

Outra técnica muito interessante, que faz maravilhas. Utiliza-se o neti pot para a limpeza das narinas e seios perinasais. É ótimo para pessoas com problemas como rinite e sinusite. Um neti pot é como se fosse um bule de chá mais pequeno, que se enche com uma mistura de água morna e sal em quantidades específicas, para ser aplicada nas narinas.

Utiliza-se água filtrada à temperatura ambiente (ou então água previamente fervida) à qual se adiciona sal marinho (ou outro sal purificado), na proporção de 1 colher de chá para 1 litro de água. Se for preciso ferver a água, adicionar o sal depois de a retirar do fogo, mexer, e deixar arrefecer até à temperatura ambiente também. Coloca-se a água no neti pot, e está pronto para ser utilizado. Para utilizar:

  • Inclinar o tronco sobre o lavatório e virar a cabeça para um dos lados, ficando com uma orelha voltada para baixo e outra para cima. A testa deve estar à mesma altura que o queixo ou ligeiramente mais alta.
  • Inserir com cuidado o bico do neti pot na narina que está mais acima, e levanta-o gradual e lentamente, ajustando a sua posição até que a solução salina saia pela narina inferior. Pode também ser necessário ajustar ligeiramente a posição da cabeça. Respirar pela boca para evitar que a água não passe pela garganta.
  • Quando o neti pot estiver vazio, endireitar o tronco e expirar vigorosamente. Mandar todo o ar fora, para sair qualquer água que tenha lá ficado.
  • Fazer o mesmo para o outro lado.
  • Se a solução arder nas narinas, pode significar que a quantidade de sal precisa de ser ajustada. É importante que a água seja à temperatura ambiente, porque água fria ou quente podem também provocar desconforto e ferir as narinas.
  • Tal como uma escova de dentes ou um raspador de língua, cada pessoa deve ter o seu neti pot.
  • A quem interessar, além de favorecer a clareza mental, este procedimento melhora também o fluxo energético ao nível do sexto chacra (terceiro olho).

COMEÇA O DIA DOCEMENTE COM ÁGUA QUENTE, GENGIBRE E MEL

De acordo com Ayurveda, beber água quente, gengibre e mel (opcional) logo pela manhã purifica-te desde o interior ao ajudar a digestão. Esta bebida deve ser ingerida antes de qualquer outro alimento. Sabendo qual o teu dosha predominante: Limão (vata); Lima (pitta); Mel cru (kapha).

MASTIGAR (opcional)

Mastigar uma mão de sementes de sésamo ajuda nas gengivas retraídas e fortalece os dentes. Mastigar de manhã estimula o fígado e o estômago, melhorando o fogo digestivo.

YOGA

O Ayurveda recomenda a prática de exercício físico diária para manter a vitalidade de um corpo jovem. Começa o dia com 15-20 min de yoga. Combina um fluxo contínuo de asanas e pranayama, é a forma perfeita de acordar. É mais saudável e mais eficaz que o teu cafezinho habitual da manhã e dá-te mais paz interior e vitalidade para enfrentar as tarefas diárias. Podes decidir fazer outra atividade para movimentar o corpo.

EXFOLIAÇÃO A SECO E DRY BRUSHING

É recomendada uma esfoliação que deve ser feita no sentido oposto ao do crescimento piloso. Esta técnica estimula a circulação e reduz o dosha kapha, geralmente presente em estados de toxicidade. Utiliza produtos naturais como, por exemplo, garam masala, uma mistura de especiarias indiana.

Em algumas alturas do ano, como a Primavera, ou dependendo do teu dosha a equilibrar poderás optar por dry brushing, ou escovagem a seco. Mas atenção que este método de esfoliação não é adequado para todos os doshas pelo que recomendo uma consulta com um profissional primeiro.

MASSAJAR O CORPO COM ÓLEO – DESCOBRE A MAGIA DE ABHYANGA

Esta massagem desencadeia uma série de benefícios, incluindo o aumento da circulação e lubrificação das articulações. Certifica-te de que utilizas o tipo de óleo adequado para o teu dosha para aproveitar ao máximo os benefícios da tua massagem.

Esfregar o corpo com óleo aquecido, de acordo com o dosha. Massajar gentilmente, diariamente, o couro cabeludo promove felicidade, e previne enxaquecas e queda de cabelo sabias? Se feito antes de dormir, ajuda na indução do sono e mantém a pele macia. Para Vata, óleo como o sésamo ou amêndoas. Para Pitta, óleo de côco. Para Kapha, óleo de mostarda ou amêndoas.

TOMAR BANHO PARA EQUILIBRAR

Os especialistas de Ayurveda dizem que tomar banho cura ao relaxar os músculos, desobstruir os poros e restaurar a hidratação dos tecidos.
A abertura dos poros vai permitir que o óleo nutra o teu organismo mais profundamente. Deverá usar sabão/gel de banho apenas nas zonas do corpo em que consideres ser estritamente necessário, de forma a manter a pele hidratada e o dosha vata em paz.

PEQUENO ALMOÇO DEPENDENDO DO DOSHA

Esperam-te mais artigos no blog! Num próximo deixo sugestões!

AGRADECER

Enquanto disfrutas de um delicioso e nutritivo pequeno almoço porque não fazes uma lista da gratidão?

LAVAR OS DENTES

Simples, e todos o fazemos. No Ayurveda, utiliza-se uma pasta de dentes ou pó adstringente, pungente ou amargo, dependendo do nosso dosha.

GARGAREJAR COM ÓLEO DE SÉSAMO OU SAL

Para fortalecer os dentes, gengivas e maxilar, melhorar a voz e diminuir rugas das bochechas, gargarejar duas vezes por dia com óleo de sésamo aquecido. Bochechar bem, e depois cuspir. Por fim, massajar gentilmente as gengivas com um dedo.

Aceitas uma dica? Para uma garganta saudável, livre de agentes patogénicos  e para uma voz angelical, gargarejar com água salgada com uma pitada de cúrcuma.

PLANTA OS TEUS PÉS NA NATUREZA

Sentir solo natural debaixo de si – seja terra, areia ou mar – conecta-nos ao nosso eu essencial de uma forma que o olhar para os ecrãs de computador ou telefone nunca irá conseguir.

Já agradeceste ao teu corpo HOJE tudo aquilo que ele faz por si? Aproveita para meditar sobre este assunto.

Adicione um Comentário